Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

 

Durante o horário de abertura:

BIBLIOTECA PÚBLICA

A Biblioteca Pública da Casa da Achada-Centro Mário Dionísio, com mais de 4000 volumes de literatura, arte, filosofia, história, ciência, livros infantis e juvenis, etc. e algumas centenas de publicações periódicas pode ser consultada durante as horas de abertura. Também a Mediateca, que se encontra em formação, pode já ser consultada e verem-se filmes no local ou levá-los para casa, emprestados. Ver Catálogo da Biblioteca Pública e Mediateca. Ver mais informações.

 

Mediante marcação:

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

O Centro de Documentação, constituído pelo arquivo Mário Dionísio e pela sua biblioteca e de Maria Letícia Clemente da Silva (mais de 6000 volumes e mais de 200 publicações periódicas) pode ser consultado mediante marcação. Ver Catálogo da Biblioteca do Centro de Documentação.

 

O que há de novo para ver no site:

- Congresso Internacional sobre a vida e a obra de Mário Dionísio

- Programa Congresso Internacional sobre a vida e a obra de Mário Dionísio

 

Programação:

 

Ciclo: Autobiografia

 

Em 1987, Mário Dionísio escreveu uma Autobiografia, a pedido das edições O Jornal. É em torno deste pequeno livrinho que propomos o próximo ciclo na Casa da Achada, de Outubro a Dezembro, a encerrar o ano do centenário do nascimento de Mário Dionísio. «1916 havia de carregar-se deste pe­so todo nos meus ombros, confundindo, para mim, esse ano dos princípios do século com o começo do Mundo».

 

Voltamos a querer lembrar que foi pintor, escritor, professor, fez crítica de arte e literatura, interveio na pedagogia e na política, deu-se com este e com aquele, paginou jornais, saiu do partido, foi membro de júris, esteve doente, voltamos a querer lembrar que respirava. É para o conjunto da sua vida que queremos olhar. E para a forma de a contar - «contar a nossa vida é impossível».

 

Em Outubro, inauguramos uma exposição a partir da correspondência de Mário Dionísio. No Congresso Internacional Mário Dionísio, Como uma pedra no silêncio, ouviremos mais de cinquenta intervenções sobre a sua vida e a sua obra. Nos meses seguintes lemos mais de perto a Autobiografia, em conversas com pessoas que vão ver o que lhes diz, ainda hoje, este livro, esta vida e a forma de a contar. «Contar a minha vida. Sempre que me falam nisso, imagino-me sentado num banco de cozinha, com um grosso camisolão, ombros caídos, a olhar por uma janela alta e estreita o que ela deixa ver da floresta».

 

Casa da Achada

Programa do mês de Outubro 2016

Ciclo Autobiografia

mais informação

Exposição: Correspondências

 

de 1 de Outbro de 2016 a 17 de Abril de 2017

mais informação

Ciclo Paleta e o Mundo

Ciclo A Paleta e o Mundo IV

 

Todas as segundas-feiras às 18h30

Leituras com projecção de imagens de textos relacionados

com A Paleta e o Mundo.

mais informação

Ciclo Cinema: Fronteiras

Ciclo Cinema: Correspondências

 

Todas as segundas-feiras às 21h30

mais informação

Oficinas

Oficina para pequenos e grandes

 

Auto-Retrato

Domingos 9, 16 e 23 de Outubro

das 15h30 às 17h30

mais informação

sete setes desvendei

a Casa da Achada está aberta ao público há sete anos

Sábado 1 de Outubro às 21h30

mais informação

os desejos de estrelas podem ser falados?

a partir de Uma Escuridão Bonita de Ondjaki

Grupo de Teatro Comunitário da Casa da Achada

Quinta 6 de Outubro às 21h30

mais informação

A Lisboa de Mário Dionísio

Procurando a Liberdade numa Cidade Não-Livre

Passeio com Eupremio Scarpa

e leituras a várias vozes

Sábado 15 de Outubro à 15h

mais informação

Autobiografia e Cinema

Projecção de um filme de Boris Lehman

e Conversa com Boris Lehman, Regina Guimarães e Saguenail

Quarta 16 de Outubro às 18h30

mais informação

Histórias da História

Como uma Pedra no Silência

Congresso Internacional Mário Dionísio

de Terça 27 a Sexta 30 de Outubro

mais informação

_____________________________________________________________________________________________________

 

A quem quiser contribuir para que a Casa da Achada-Centro Mário Dionísio

continue a existir

 

A entrada é gratuita em tudo o que a Casa da Achada – Centro Mário Dionísio faz. Não por riqueza ou por mania. Mas porque decorre da própria ideia que Mário Dionísio tinha da cultura. E nós, vários anos depois, também.

As excepções são as edições, é claro. Que os Sócios Fundadores e Amigos da Casa da Achada podem comprar abaixo do preço do mercado.

Os tempos vão maus e os apoios institucionais também.

 

Por isso, agora dizemos a toda a gente que toda a gente pode fazer um donativo, se assim o entender.

 

Opção 1: Cartão de crédito ou Paypal

Faça o seu donativo online, de forma totalmente segura, usando o seu cartão de crédito ou a sua conta Paypal.

Caso opte por esta forma de pagamento, o Paypal irá reter uma pequena percentagem do valor doado, pelo que se quiser garantir que iremos receber a totalidade do seu donativo, faça uma transferência bancária (abaixo).

 

 

 

Opção 2: Transferência bancária

Transfira para o NIB 0036 0000 9910 5869 2830 8 a quantia que desejar doar.

Sugestão: Assinar este texto, completando com a quantia doada, e enviar para a Casa da Achada.

 

 

Quero que a Casa da Achada - Centro Mário Dionísio exista e prossiga as suas actividades culturais de arquivo e catalogação do espólio e da biblioteca de Mário Dionísio, edição, projecção de filmes, realização de oficinas gratuitas para crianças e adultos, manutenção de uma biblioteca de acesso público, realização de exposições, conversas, conferências, projectos de apoio à leitura, intervenção na comunidade e outras actividades culturais abertas ao público.

 

Por isso quero apoiar financeiramente a associação através de uma contribuição de

 

_______________€

 

 

_________________________

(assinatura)

 

 

Nota: Pode copiar o texto e enviar por e-mail ou imprimir aqui e enviar via postal.

 

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2015