Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

 

Durante o horário de abertura:

BIBLIOTECA PÚBLICA

A Biblioteca Pública da Casa da Achada-Centro Mário Dionísio, com mais de 4000 volumes de literatura, arte, filosofia, história, ciência, livros infantis e juvenis, etc. e algumas centenas de publicações periódicas pode ser consultada durante as horas de abertura. Também a Mediateca, que se encontra em formação, pode já ser consultada e verem-se filmes no local ou levá-los para casa, emprestados. Ver Catálogo da Biblioteca Pública e Mediateca. Ver mais informações.

 

Mediante marcação:

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

O Centro de Documentação, constituído pelo arquivo Mário Dionísio e pela sua biblioteca e de Maria Letícia Clemente da Silva (mais de 6000 volumes e mais de 200 publicações periódicas) pode ser consultado mediante marcação. Ver Catálogo da Biblioteca do Centro de Documentação.

 

Programação:

 

Ciclo: Fronteiras

 

A história humana é uma história de migrações, mas elas são hoje dominadas pelos critérios do neoliberalismo e do sistema económico capitalista. Uns podem mover-se livremente no mundo. Outros não. Uns viajam por recreio, outros para fugir à guerra e à miséria. O dinheiro passa, as mercadorias passam, as armas passam as fronteiras, mas muita gente fica retida por não ter papéis. A regulação das migrações é hoje em dia feita na base de violências e desigualdades brutais.

 

A Casa da Achada - Centro Mário Dionísio propõe um ciclo para debater as fronteiras, o que elas significam, o que elas escondem, o que elas protegem, num mundo de discriminação e guerra, num momento histórico em que as fronteiras voltam a tornar-se autênticos cemitérios para refugiados que procuram apenas um lugar onde viver em paz. Para pensar os modos de as passar e de as questionar, derrubando os muros que se levantam de novo (mesmo dentro de cada país), e que tantas vezes nos afastam dos vizinhos, dos colegas e dos amigos. Porque também há fronteiras pelas quais passamos todos os dias, quando atravessamos uma porta ou um bairro que não conhecemos.

 

Por isso propomos iniciativas e debates para pensar porque se ergueram e erguem de novo barreiras entre pessoas e ideias, porque se desenham fronteiras dentro e fora das nossas cabeças. Para derrubar muros mas também para separar águas e clarificar ideias.

 

Casa da Achada

Programa do mês de Julho 2016

Ciclo Fronteiras

mais informação

Exposição: Lisboa acima, Lisboa abaixo / Lecture d'une Ville

 

de 23 de Abril a 22 de Agosto de 2016

mais informação

Ciclo Paleta e o Mundo

Ciclo A Paleta e o Mundo IV

 

Todas as segundas-feiras às 18h30

Leituras com projecção de imagens de textos relacionados

com A Paleta e o Mundo.

mais informação

Ciclo Cinema: Fronteiras

Ciclo Cinema: Fronteiras

 

Todas as segundas-feiras às 21h30

mais informação

Oficinas

Oficina para pequenos e grandes

 

Sem Fronteiras

Domingos 3, 10 e 24 de Julho

das 15h30 às 17h30

mais informação

Histórias da História

histórias da História

 

O assassinato da III República Francesa

A colaboração

com Sebastião Lima Rego

Sexta 8 de Julho às 18h30

mais informação

Mário Dionísio os primeiros 100 anos

Mário Dionísio os primeiros 100 anos

Sábado 16 de Julho das 10h às 22h

mais informação

Bairros Invisiveis

 

conversa com António Brito Guterres, Flávio Almada (LBC) e

Mário Monteiro (Boss)

Sábado 30 de Julho às 16h

mais informação

_____________________________________________________________________________________________________

 

A quem quiser contribuir para que a Casa da Achada-Centro Mário Dionísio

continue a existir

 

A entrada é gratuita em tudo o que a Casa da Achada – Centro Mário Dionísio faz. Não por riqueza ou por mania. Mas porque decorre da própria ideia que Mário Dionísio tinha da cultura. E nós, vários anos depois, também.

As excepções são as edições, é claro. Que os Sócios Fundadores e Amigos da Casa da Achada podem comprar abaixo do preço do mercado.

Os tempos vão maus e os apoios institucionais também.

 

Por isso, agora dizemos a toda a gente que toda a gente pode fazer um donativo, se assim o entender.

 

Opção 1: Cartão de crédito ou Paypal

Faça o seu donativo online, de forma totalmente segura, usando o seu cartão de crédito ou a sua conta Paypal.

Caso opte por esta forma de pagamento, o Paypal irá reter uma pequena percentagem do valor doado, pelo que se quiser garantir que iremos receber a totalidade do seu donativo, faça uma transferência bancária (abaixo).

 

 

 

Opção 2: Transferência bancária

Transfira para o NIB 0036 0000 9910 5869 2830 8 a quantia que desejar doar.

Sugestão: Assinar este texto, completando com a quantia doada, e enviar para a Casa da Achada.

 

 

Quero que a Casa da Achada - Centro Mário Dionísio exista e prossiga as suas actividades culturais de arquivo e catalogação do espólio e da biblioteca de Mário Dionísio, edição, projecção de filmes, realização de oficinas gratuitas para crianças e adultos, manutenção de uma biblioteca de acesso público, realização de exposições, conversas, conferências, projectos de apoio à leitura, intervenção na comunidade e outras actividades culturais abertas ao público.

 

Por isso quero apoiar financeiramente a associação através de uma contribuição de

 

_______________€

 

 

_________________________

(assinatura)

 

 

Nota: Pode copiar o texto e enviar por e-mail ou imprimir aqui e enviar via postal.

 

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2015