Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

 

 

Alguns Quadros de Mário Dionísio

 

 

1942 - Retrato de Maria Letícia, óleo s./ linho, 50 x 40

 

Retrato de Maria Letícia, óleo s./ linho, 50 x 40, 1942

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Pintura», óleo s/ tela, 130 x 97. Assinado com o pseudónimo José Chaves, exposto na II EGAP (1947) onde foi apreendido pela PIDE, no Museu da República e Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996), na Abril em Maio (2001).

 

«Pintura», óleo s/ tela, 130 x 97, 1947. Assinado com o pseudónimo José Chaves, exposto na II EGAP (1947) onde foi apreendido pela PIDE, no Museu da República e Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996), na Abril em Maio (2001).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Reunião Clandestina», óleo s/ tela, 97 x 130. Exposto na III EGAP (1948), na exposição Arte Moderna -Vértice (1949), em Almada (1949), com o título «Interior»; na Galeria Nasoni (1989), no Celeiro da Patriarcal de Vila Franca de Xira (1991), CAM da FCG (1991), na exposição Neo-Realismo/Neo-Realismos (1996), no Museu da Resistência e Coimbra (1996), na Abril em Maio (2001), na exposição «Um tempo, um Lugar» em Vila Franca de Xira (2005).

 

«Reunião Clandestina», óleo s/ tela, 97 x 130, 1947. Exposto na III EGAP (1948),

na exposição Arte Moderna -Vértice (1949), em Almada (1949), com o título «Interior»;

na Galeria Nasoni (1989), no Celeiro da Patriarcal de Vila Franca de Xira (1991), CAM da FCG (1991),

na exposição Neo-Realismo/Neo-Realismos (1996),

no Museu da Resistência e Coimbra (1996), na Abril em Maio (2001),

na exposição «Um tempo, um Lugar» em Vila Franca de Xira (2005).

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

 

«Vendedor Ambulante», óleo; 34 x 42, colecção particular. Exposto na III EGAP (1948).

 

«Vendedor Ambulante», óleo; 34 x 42, 1947, colecção particular. Exposto na III EGAP (1948).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

O Músico, tinta de esmalte s/ tela; 130 x 97, col. Berardo. Exposto na III EGAP (1948), na Galeria Nasoni (1989).

 

«O Músico», tinta de esmalte s/ tela; 130 x 97, 1948, col. Berardo. Exposto na III EGAP (1948),

na Galeria Nasoni (1989).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

«Maria», desenho a carvão, 36 x 28. Exposto na IV EGAP (1949), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996).

 

«Maria», desenho a carvão, 36 x 28, 1948. Exposto na IV EGAP (1949),

no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

«Vendedor» / «Vendedor de fruta», óleo, 48 x 43. Col. Manuel Brito. Exposto em «Dos nos 10 aos anos 50», Centro de Arte, Palácio Anjos (Algés, 2007)

 

«Vendedor», óleo, 48 x 43, 1949. Col. Manuel Brito.

Exposto em «Dos nos 10 aos anos 50», Centro de Arte, Palácio Anjos (Algés, 2007)

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

«Oh mulher das mãos gretadas», óleo s/ tela; 94 x 69, 1950, col. particular. Exposto na VI EGAP (1951) com o título «Mulher a lavar a louça»; exposto Galeria Nasoni (1989).

 

«Oh mulher das mãos gretadas», óleo s/ tela; 94 x 69, 1950, col. particular.

Exposto na VI EGAP (1951) com o título «Mulher a lavar a louça»; exposto Galeria Nasoni (1989).

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

 

«Maternidade Camponesa», óleo s/ platex, 142 x 75, 1950. Exposto na V EGAP (1950), com o título «Maternidade»; na exposição «Neo-realismo» (1983), na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), no CAM da FCG (1991), na exposição «Neo-Realismo / Neo-Realismos» (1996), em «Um tempo, um lugar» em Vila Franca de Xira (2005).

 

«Maternidade Camponesa», óleo s/ platex, 142 x 75, 1950. Exposto na V EGAP (1950),

com o título «Maternidade»; na exposição «Neo-realismo» (1983), na Galeria Nasoni (1989),

em Vila Franca de Xira (1991), no CAM da FCG (1991), na exposição «Neo-Realismo / Neo-Realismos» (1996), em «Um tempo, um lugar» em Vila Franca de Xira (2005).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

«Joaquim Namorado», óleo s/ tela; 75 x 61, 1952, colecção particular. Exposto na VII EGAP (1953), na Figueira da Foz (1983), na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991, 1997).

 

«Joaquim Namorado», óleo s/ tela; 75 x 61, 1952, colecção particular. Exposto na VII EGAP (1953),

na Figueira da Foz (1983), na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991, 1997).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

«A Eduarda com 6 anos», óleo sobre tela, 49 x 39. Exposto na VII EGAP (1953) com o título «Eduarda», na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), no Museu República e Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996), em «Um tempo, um lugar Vila Franca de Xira (2005).

 

«A Eduarda com 6 anos», óleo sobre tela, 49 x 39, 1952. Exposto na VII EGAP (1953) com o título «Eduarda»,

na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), no Museu República e Resistência e

na Casa da Cultura de Coimbra (1996), em «Um tempo, um lugar Vila Franca de Xira (2005).

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Mulher à mesa», óleo s/ tela; 64 x 49, 1952, col. particular. Exposto no Lobito (3 vezes), na exposição «Conflito e Unidade da Arte Contemporânea» (Almada, 1992), na Abril em Maio (2001), em Vila Franca de Xira («Um tempo, um lugar», 2005).

 

«Mulher à mesa», óleo s/ tela; 64 x 49, 1952, col. particular. Exposto no Lobito (3 vezes),

na exposição «Conflito e Unidade da Arte Contemporânea» (Almada, 1992), na Abril em Maio (2001),

em Vila Franca de Xira («Um tempo, um lugar», 2005).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Ribeira do Tejo», tapeçaria, 138 x 167, 1952, executada por Maria José Taxinha (1950-52). Exposta na VII EGAP (1953), na exposição «Neo-realismo / Neo-realismos» (Porto, Almada, 1996).

 

«Ribeira do Tejo», tapeçaria, 138 x 167, 1952, executada por Maria José Taxinha (1950-52).

Exposta na VII EGAP (1953), na exposição «Neo-realismo / Neo-realismos» (Porto, Almada, 1996).

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«A visita inesperada», óleo s/ tela, 40,5 x 30, 1963, col. particular Exposto na Galeria Nasoni (1989), Vila Fanca de Xira (1991), Galeria Triângulo 48 (1998).

 

«A visita inesperada», óleo s/ tela, 40,5 x 30, 1963, col. particular Exposto na Galeria Nasoni (1989),

Vila Fanca de Xira (1991), Galeria Triângulo 48 (1998).

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Aniversário», óleo s/ tela, 47 x 39, 1972, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

 

«Aniversário», óleo s/ tela, 47 x 39, 1972, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

«Do outro lado do talude», óleo s/tela, 37 x 46, 1973, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

 

«Do outro lado do talude», óleo s/tela, 37 x 46, 1973, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Mastros e velas», óleo s/tela, 46 x 38, 1975, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

 

«Mastros e velas», óleo s/tela, 46 x 38, 1975, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Monólogo a muitas vozes». óleo s/ tela, 45 x 34, 1976. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996). Reproduzido na capa de Monólogo a duas vozes (1986)

 

«Monólogo a muitas vozes». óleo s/ tela, 45 x 34, 1976. Exposto na Galeria Nasoni (1989),

em Vila Franca de Xira (1991), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996). Reproduzido na capa de Monólogo a duas vozes (1986)

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Passeio na neve», óleo s/ tela, 45 x 34, 1976, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

 

«Passeio na neve», óleo s/ tela, 45 x 34, 1976, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Camponês Armado», óleo s/ tela, 100 x 81, 1979. Exposto na Galeria Nasoni – Lisboa (1989), em Vila Franca Xira (1991), na FCG (1991), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996)

 

«Camponês Armado», óleo s/ tela, 100 x 81, 1979. Exposto na Galeria Nasoni – Lisboa (1989), em Vila Franca Xira (1991), na FCG (1991), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996)

voltar a Textos de Regina Gimarães sobre quadros de Mário Dionísio

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

«Decorativamente», óleo s/ platex, 46,5 x 35,5, 1987, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

 

«Decorativamente», óleo s/ platex, 46,5 x 35,5, 1987,

col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989)

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

 

«A Garra», pastel-óleo s/ cartolina, 37 x 31, 1988, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), na FCG (1991).

 

«A Garra», pastel-óleo s/ cartolina, 37 x 31, 1988, col. particular.

Exposto na Galeria Nasoni (1989), na FCG (1991).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Entre o peixe e o touro», pastel-óleo s/ cartolina, 37 x 31, 1988, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989).

 

«Entre o peixe e o touro», pastel-óleo s/ cartolina, 37 x 31, 1988,

col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Subindo para a vila e seu castelo», acrílico s/ tela, 100 x 81, 1988, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni – Lisboa (1989)

 

«Subindo para a vila e seu castelo», acrílico s/ tela, 100 x 81, 1988,

col. particular. Exposto na Galeria Nasoni – Lisboa (1989)

voltar a Textos de Regina Gimarães sobre quadros de Mário Dionísio

ir para Biografia Mário Dionísio

voltar Presença de Mário Dionísio

 

 

 

«Saudades do Carlos de Oliveira», acrílico s/ tela, 53 x 45, 1988, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), na exposição Carlos de Oliveira (1992).

 

«Saudades do Carlos de Oliveira», acrílico s/ tela, 53 x 45, 1988,

col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991),

na exposição Carlos de Oliveira (1992).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Evocação dum poeta (João José Cochofel)», óleo s/ tela, 50 x 45, 1988, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), na FCG (1991).

 

«Evocação dum poeta (João José Cochofel)», óleo s/ tela, 50 x 45, 1988,

col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991), na FCG (1991).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«“Poeta: incendeia a espada!” (José Gomes Ferreira)», acrílico s/ platex, 59 x 49, 1989, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991).

 

«“Poeta: incendeia a espada!” (José Gomes Ferreira)», acrílico s/ platex, 59 x 49, 1989,

col. particular. Exposto na Galeria Nasoni (1989), em Vila Franca de Xira (1991).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Dia Cinzento», acrílico s/ tela, 92 x 73, 1989. Exposto na Galeria Nasoli - Porto (1990), em Vila Franca de Xira (1991), na FCG (1991), na Galeria Municipal da Amadora (1993), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996).

 

«Dia Cinzento», acrílico s/ tela, 92 x 73, 1989. Exposto na Galeria Nasoli - Porto (1990),

em Vila Franca de Xira (1991), na FCG (1991), na Galeria Municipal da Amadora (1993),

no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Libertação». acrílico s/ tela, 73 x 60, 1990, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni do Porto (1990), em Vila Franca de Xira (1991), na Galeria Triângulo 48 (1998)

 

«Libertação». acrílico s/ tela, 73 x 60, 1990, col. particular. Exposto na Galeria Nasoni do Porto (1990),

em Vila Franca de Xira (1991), na Galeria Triângulo 48 (1998)

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Perto de Kolnitz», acrílico s/ platex, 53 x 82, 1990. Exposto na Galeria Nasoli do Porto (1990), em Vila Franca de Xira («Os escritores também pintam», 1997)

 

«Perto de Kolnitz», acrílico s/ platex, 53 x 82, 1990. Exposto na Galeria Nasoli do Porto (1990),

em Vila Franca de Xira («Os escritores também pintam», 1997)

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Recordando a praia», acrílico e colagem s/ tela, 81 x 100, 1990. Exposto na Galeria Nasoli – Porto (1990), em Vila Franca de Xira (1991), na FCG (1991), na Galeria Triângulo (1992), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996), em Vila Franca de Xira («Os escritores também pintam», 1997).

 

«Recordando a praia», acrílico e colagem s/ tela, 81 x 100, 1990.

Exposto na Galeria Nasoli – Porto (1990), em Vila Franca de Xira (1991), na FCG (1991),

na Galeria Triângulo (1992), no Museu da Resistência e na Casa da Cultura de Coimbra (1996),

em Vila Franca de Xira («Os escritores também pintam», 1997).

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Recordações cruzadas» 1990-3, acrílico s/ tela, 50 x 61, 1990, col. Particular

 

«Recordações cruzadas» 1990-3, acrílico s/ tela, 50 x 61, 1990, col. Particular.

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Sem título nº 5», acrílico s/ tela, 54 x 59, 1992, col. particular.

 

«Sem título nº 5», acrílico s/ tela, 54 x 59, 1992, col. particular.

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

«Sem título nº 12», acrílico, 65 x 50, 1993, col. particular.

 

«Sem título nº 12», acrílico, 65 x 50, 1993, col. particular.

ir para Biografia Mário Dionísio

 

 

 

ir para a Mário Dionísio

voltar a A Pintura

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2017